Páginas

28 de janeiro de 2011

remédios e bebidas


Ela estava confusa de mais, estava prestes a fazer uma loucura, e esse tipo de loucura não é muito bem vinda no lugar onde vivemos.
Deixa-me esclarecer as coisas, haviam remédios e vodka à sua frente, agora acho que você já sabe o que se passava na cabeça dela.
Ela não queria nada de mais, apenas experimentar a sensação de ver o mundo pelo lado de fora, seja lá onde é esse lugar, queria ver o modo como as pessoas agem quando estão sozinhas e chegar à conclusão se ela era louca mesmo, ou se todos eram, ela pensava preferir ver ou não o mundo de fora à continuar neste lugar.
Ela tomou remédios e bebidas para o jantar, fechou os olhos antes da sobremesa chegar, algo me diz que ela partiu no exato instante em que se arrependeu, mas já era tarde, uma voz me diz que o lado de fora não é tão bom assim.

6 comentários:

  1. Tadinha...
    Belo texto, mas deu pena dela.:(

    ResponderExcluir
  2. Uau! Isso foi profundo! Você devia escrever um livro... Usar uma personagm fictícia para expressar tudo isso.. Pode ter certeza que uma fã você ja teria... Teus textos tem uma qualidade imensa, meus parabéns!

    ResponderExcluir
  3. Nossa, muito obrigada :) Projetos começados não faltam, rs, mas acho que me dou melhor em textos pequenos, mas um dia eu ainda escrevo um livro :B

    ResponderExcluir